BMW 2002 WEB SITE - PÁGINA SOBRE O MEU BMW 2002 / COMUNIDADE VIRTUAL BMW ANTIGOS
INÍCIO PESQUISA CONTACTOS
   
O MEU 2002:
  Fotos  
  Técnica  
 
OS BMW 02:
  História  
  Produção  
  Motorizações  
  Características  
  Cores e tintas  
  Extras de fábrica  
  Cotações  
  Alpina  
  AC Schnitzer  
  Os 12 Diana  
  Competição  
  Brochuras  
  Literatura  

 

EVENTOS:
  Agenda  
  Fotos  
 
SERVIÇOS:
  Downloads  
  Ligações  
 
REDES SOCIAIS:
  Facebook  
  Youtube  
 
CONTACTOS:
 

 
 

 

OS 12 2002TI DIANA

  Bookmark and Share

 

 

No início dos anos 70, um residente de Dusseldorf, Hubert Hahne, arrumou as luvas e retirou-se da sua carreira de piloto de carros de corrida, tornando-se um agente / concessionário BMW. Como estava noivo, decidiu presentear a sua futura mulher com um BMW 2002ti, especialmente preparado e com diferenças substanciais do 2002ti de fábrica. Este 2002ti preparado por Hahne, viria a ser o primeiro de 12 edições muito limitadas do BMW 2002ti. A sua noiva de nome Diana Körner, era um actriz alemã.

 

 

Depois de ter outorgado a sua mulher com um carro que albergava o seu nome, o 2002ti Diana começava a atrair uma considerável atenção. Tanta era a atenção, que Hahne foi persuadido a criar uma edição de luxo para o 2002ti. Com a concordância e apoio técnico da BMW, Hahne acordou produzir uma pequena série de carros de duplo carburador, baseados no 2002ti Diana, sendo que toda essa série seria convertida pela Baur, em Estugarda na Alemanha.

 

 

O Diana era um 2002ti muito especial e tinha sido equipado de uma forma em que qualquer outro 2002 nunca o tinha sido. Os 12 carros foram todos pintados com uma variedade de cores que nunca nenhum 2002 tinha tido. A pintura levou um tratamento especial com um revestimento de verniz feito pela Herbol. Todos os "Diana" vinham equipados com tecto de abrir eléctrico, assentos frontais Recaro em couro, forro interno do tejadilho em vinil preto, alcatifas interiores e forro da bagageira em veludo, alavanca do travão de mão cromada, soleiras de porta em alumínio, jantes de liga leve da Stilauto de Itália, auto-rádio Becker, amperímetro e relógio, carpetes com bordas em couro, janelas frontais eléctricas, janelas traseiras aquecidas, caixa de 5 velocidades, sistema especial de escapes, tampas cromadas para os parafusos dos para-choques, retrovisor exterior do lado do condutor em estilo "Sebring", para-brisas dianteiro laminado, faróis frontais duplos envolvidos por grelhas cromadas feitas à mão. Os detalhes interiores, eram conhecidos por variar de carro para carro, mas o painel de instrumentos, alavanca das mudanças, alavanca do travão de mão, o porta objectos das portas no primeiro Diana estavam revestidos em pele de veado. Os números de chassis destes 12 2002ti Diana (1 690201 a 1 690 212) eram todos sucessivos, indicando que os Diana não eram um modelo oficial da gama BMW.

 

 

O Diana foi introduzido na primavera de 1971, com um preço de 22,500 marcos alemães, valor esse que na época era quase o dobro de um 2002ti normal. Dos 12 conhecidos Diana, apenas 4 eram conhecidos em 2011.

 

 

Hubert Hahne a autografar um dos poucos Diana sobreviventes no começo de 2011

 

 

[Voltar ao topo]

 

[Voltar ao topo]

 

 

 

© BMW 2002 WEB SITE - Todos os direitos reservados

 

 

website statistics

BMW 2002 WS Stats